Inscreva-se em nossa newsletter

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone

@2019 Todos os direitos reservados primecap

  • primecap

Você já ouviu falar nas Lawtechs ou Legaltechs?

Atualizado: 10 de Abr de 2019


As #startups voltadas para o mercado jurídico que vieram para #desburocratizar um meio que é justamente conhecido pela sua morosidade e burocracia e estão reformulando o mercado jurídico brasileiro. Para se ter uma ideia do tamanho deste mercado, o número de processos #jurídicos de grandes corporações, como bancos e varejistas, chega facilmente aos milhares, isso sem falar no setor público, onde se encontra o maior gargalo de atuação, segundo relatório, do Conselho Nacional de Justiça, em janeiro de 2017 havia 79,7 milhões de processos em tramitação aguardando uma solução definitiva, destes estima-se que 94% ainda estão parados. Esse número cresce, a uma taxa média anual de 3%.

Somente no Brasil são 106 #legaltechs , destas, apenas duas são voltadas para setor público, enquanto o setor público ainda demanda atenção, no setor privado elas já fazem parte do ecossistema legal e possuem clientes grandes como Banco Itaú e Magazine Luíza. Apesar do grande crescimento destas startups mundialmente, somente em 2018 foram US$ 825 milhões investidos, no Brasil o mercado ainda está se desenvolvendo e encontra obstáculos como, conseguir espaço em estruturas engessadas, e a falta de uma startup de grande destaque, como foi o #Nubank para as #fintechs por exemplo. Apesar disso o potencial de crescimento é enorme, segundo informações do Estado, está previsto para o segundo semestre de 2019 a criação de um fundo de investimento de R$ 100 milhões voltado para legaltechs brasileiras, a tendência é que nos próximos anos estas empresas reformulem o mercado jurídico no Brasil e no mundo.


Fique por dentro do mundo da startups e equity crowdfunding, assine a nossa newsletter!


  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone